DIÁRIO DE UM JORNALISTA

Por Jackson Rangel Vieira

Mente Proibida: Capítulo 5 – O diálogo


angel-2332116_960_720

Da curiosidade biológica, inerente, a alma questionava a existência e suas razões. Sem mentor. Sem religião. Sem guia. Apenas a intensidade do mundo interior colocando em xeque o universo criado pelos alcance dos olhos, surgiu muitos diálogos imaginários, o mais marcante entre Deus e o diabo.

A estrela da manhã era mais questionadora.

– Por que queres me expulsar da minha moradia por cauda da invejar e do meu desejo de ser tão melhor quanto Ti?, perguntou

Deus respondeu:

_ Antes de seres eu fui. Este sentimento não é permitido aqui porque incentivará outros mais destruidores. Eu Sou perfeito. Tenho muitas criaturas puras na Minha habitação.

O diabo questionou:

– Não me lembro de seres antes de mim. Tudo foi feito no mesmo momento. Além do mais, como Criador, fizeste-me diferente e especial em detrimentos dos demais. O mais belo. Músico inigualável. Então por quê?

Deus mais irritado:

– Sou onisciente, sei de todas as coisas. Sou onipresente, estou em todos os lugares. Sou onipotente, tenho todos os poderes. Não lhe consenti sentir orgulho e se rebelar. Onde aprendestes sentimentos facciosos sem temer minha fúria?

O anjo de luz perdeu mais a compostura e o respeito:

– Aprendi com o Senhor! Ouvi-O conversando com os anjos Gabriel, Miguel e Rafael sobre um povo que pretendes criar, que meus irmãos os protegessem e os guiassem. Confiou a eles grandioso secreto e escondeste de mim. O senhor me ensinou o que sinto e o que sei.

Neste exato momento, Deus encerrou o assunto e instalou os dedos, lançando em direção da Terra lúcifer e um terço de seu estafe que concordava com a serpente.

O diabo foi jogado no Paraíso, com dois dos humanos protótipos  e escondidos dele até aquele momento. O demo adorou, pois era criatura menos amada pelo Pai, contudo mais forte que a segundo invento.

– Agora vou utilizar minhas artimanhas e brincar com essas ingênuos seres e levar muitos deles ao meu lado para o destino reservado por Aquele que não me suportou.

A vida mística de Jackson Rangel Vieira, então, teve seu início com muitas aventuras mentais e surpreendentes a partir da luta entre o bem e o mal.

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: