tasso
Tasso considera oportunista a sentença e que já está recorrendo ao STJ

Estimado Jackson,
A respeito da sua publicação sobre decisão da 2a. Câmara Cível do Tribunal de Justiça, permito-me esclarecer que esse processo data de 2002, portanto 16 anos, e naquela época estávamos todos os que tinham mandato, altamente perseguidos.
Este processo envergonha a boa Justiça Capixaba e consta que recebi R$ 10.200,00 a mais de diárias em 08 anos de mandato!

Afirmo a minha inocência e já estou recorrendo ao STJ (Superior Tribunal de Justiça) em Brasília, onde tenho certeza que eu e outros deputados que fazem parte desses processos vamos ser vitoriosos.

Lembro também que minha prestação de contas era sempre aprovada pelos órgãos administrativos da Assembléia e pelo Tribunal de Contas do Estado.

Ora, ora, se existia dúvida na prestação de contas de viagens, caberia no máximo um processo administrativo interno na Assembleia e ressarcido à própria Assembleia a importância de R$ 10.200,00.

Esse procedimento da Justiça além de lamentável, vergonhoso é descabido é em virtude da proximidade das eleições.

Abraços, seu amigo,
José Tasso

Anúncios