WhatsApp-Image-2018-03-07-at-19.01.21-868x644
Magno Malta confirma que será candidato candidato a senador pelo ES

O deputado Jair Bolsonaro (RJ) filiou-se nesta 4ª feira (7.mar.2018) ao PSL (Partido Social Liberal). Ele deverá ser o pré-candidato do partido à Presidência da República. Antes, ele fazia parte do PSC.

Também presente, o senador Magno Malta foi recebido ao som de “vice”. Negou, no entanto, que tenha sido convidado pelo militar para compor chapa. Até o momento, nenhum nome foi confirmado como vice do militar.

“Bolsonaro nunca me procurou para ser vice dele. Mas eu o apoio. Sou candidato a senador. Minha vida está nas mãos de Deus”, afirmou o senador. Malta também discursou a favor de valores conservadores e pró-família: “Não temos 1 anjo candidato a presidente. Um dia, Bolsonaro foi de direita. Hoje é de extrema-direita. Somos fundamentalistas. Se ser extrema direita e fundamentalista é não roubar dinheiro público, é elogio”.

Ao receber a palavra, Jair Bolsonaro pediu para que todos cantassem o Hino Nacional. Em seguida, convidou Magno Malta a fazer uma oração. Ao falar do pai, ameaçou chorar. Após falar, saiu acompanhado de grande parte dos presentes.

O PSL

O Partido Social Liberal foi fundado em 1994 e tem como bandeiras uma menor participação do Estado na economia. Apesar dos mais de 20 anos, a sigla nunca deslanchou. Até esta 4ª, contava com uma bancada de apenas 3 deputados, uma das menores da Câmara.

O presidente do partido, Luciano Bivar, coloca como meta fechar a janela partidária com até 40 deputados. A sigla tenta atrair o maior número de congressistas a fim de aumentar o tempo de televisão e rádio, além de recursos destinados à legenda.

Anúncios