c0725_assina
Victor Coelho revolucionou a forma de administrar a cidade

O prefeito de Cachoeiro de Itapemirim-ES, Victor Coelho (PSB), fecha o ano com saldo positivo diante da crise nacional sem poupar nenhum espaço das unidades federativas. Mesmo principiante, o socialista venceu todas as adversidades verticais e horizontais.

De janeiro a dezembro, Victor Coelho, 42 anos, organizou a máquina administrativa e produziu realizações simples e necessárias para constituir melhor auto estima aos cachoeirenses que estavam desassistidos e com medo do futuro antes de sua eleição.

Sob a responsabilidade de 60 mil votos em 2016, feito proporcional nunca antes registrado nos anais da história do Município, segue conquistado os corações da maioria da população pelo seu carisma e tentativa intervencionista nos hematomas da cidade.

Em janeiro, após montar a equipe, com uma prefeitura sucateada, partiu para socorrer as pessoas vitimadas pelas chuvas intensas, fiscalizando in loco todos os pontos de SOS.

Em fevereiro, enfrentou o inesperado, a paralisação da polícia militar em todo o Estado. Célere, requereu da Justiça a Guarda Armada que foi essencial na força tarefa exemplar.

Em março, na Emancipação do Município, começou a debater a Reforma Administrativa e instalou comissão para estudar e executar Plano de Cargos e Salários dos Servidores.

Em abril, deu forma ao processo de recuperação de veículos para funcionar o mínimo da Prefeitura no atendimento às demandas da população carente e as localidade do interior.

Em maio, deu início à operação de recapeamento em várias artérias de Cachoeiro, comprando asfalto o suficiente para reconstrução de bairro sem assistência há anos.

Em junho, proporcionou surpresa agradável com uma das melhores festas da cidade em homenagem a Newton Braga, seu criador. Eventos marcantes e dentro do orçamento.

Em julho, iniciou a discussão sobre mobilidade urbana e estacionamento rotativo em modelo interativo, tecnológico, das pessoas integradas ao seu entorno de coisas.

Agosto, mantendo a tradição, ocupou-se em oferecer todo logística à Cachoeiro Stone Fair 2017, o maior evento do Brasil de negócios e amostra de rochas ornamentais.

Setembro, mostrou sua capacidade imensa de apresentar festejos de qualidade aos cachoeirenses com a Feira da Bondade, unificando a sociedade em todas vertentes.

Outubro, adquiriu com recursos próprios maquinário pesado para atender os distritos, repetido o feito no meado de setembro, oferecendo eficácia nos serviços mais pesados.

Novembro, constituiu base aliada na Câmara Municipal – quase unanimidade – , aprovando sua aguardada Reforma Administrativa, modelo personalidade de gestão.

Dezembro, aguarda aprovação do Orçamento e de empréstimo de R$ 150 milhões para fomentação de obras no primeiro semestre de 2018. Recriou o espírito de Natal com bela alegoria e ornamentação na Praça Jerônimo Monteiro, coração da cidade.

O prefeito Victor Coelho já pode ser considerado referência de gestão pública no Espírito Santo. Detalhe: não recebeu uma denúncia sequer de improbidade, ficando sob o manto clamado pela população que lhe conferiu a procuração para representá-la: honestidade.

capa dupla

 

Anúncios