A Justiça de Vargem Alta, ES, sentenciou ontem, 22, o afastamento imediato por 120 dias o Secretário de Administração, Altair Franco de Morais, denunciado por suposta fraude em licitação no governo de Elieser Rabello (PMDB). A decisão foi dada pelo juiz José Pedro de Souza Netto.

Altair estava secretário no atual governo de João Altoé (PSDB). O Ministério Público apresentou robusta narrativa sobre os fatos envolvendo relação de improbidade entre os réus Elieser e o empresário do Alto Posto Moraes, também parte do processo como empresa acusada.

O Ministério Público encontrou superfaturamento e fraude nos leilões licitatórios para favorecer o empresário Altair de Moraes no fornecimento de gasolina para a Prefeitura pelo posto de sua propriedade.

123.jpeg

Anúncios