Prefeito de Cachoeiro passa no teste e ganha base aliada na Câmara de Vereadores

Posted on 14/11/2017

0



VitorCoelho-696x435

Victor Coelho (PSB) ganha base aliada na aprovação da Reforma Administrativa

Sabia-se que o prefeito de Cachoeiro de Itapemirim-ES, Victor Coelho (PSB), não continuaria governando com unanimidade na Câmara de Vereadores e também não ficaria sem aprovar a reforma administrativa, seu modelo de gestão personalizado.

Até então, o prefeito socialista não tinha a percepção e nem passado pelo teste de saber quem eram os parlamentares aliados ao seu formato de governo. Pela apresentação das emendas e justificativas dos votos, pelo menos quatro vereadores estão fora dessa base.

Na sessão ordinária de terça, 14, que se alongou das 14h00 até meia noite, no contraditório, apresentaram-se como independentes ou opositores os vereadores Higner Mansur (PSB); Antônio Geraldo (PP); Diogo Lube (PDT) e Renata Fiório (PSD).

A então esperada Reforma Administrativa foi aprovada sem remendo com votos oscilando em média entre 13 e 14 votos contra as emendas fora da base aliada, mantendo a íntegra do Projeto do Executivo. Debate longo e a primeira grande vitória do prefeito.

Sem prejuízo para o todo, dois vereadores ficaram pela faixa amarela na medição de força, ora votando contra, ora votando a favor, mas sendo votos vencidos quando de interesse do Executivo: os parlamentares Alexandre Maitan (PDT) e Braz Zagotto (SD).

A partir dessa sessão, não se sabe ao certo como será o comportamento do Executivo no trato com o grupo aliado e com o grupo dissidente. A verdade é que o processo eleitoral está se iniciando e até março, último dia para políticos migrarem de partidos, as forças políticas se revelarão de forma mais clara, ainda mais se houver polarização majoritária.

Anúncios
Posted in: ESPECIAL