Momentos em que a solidão não se torna opção. Todos ao seu redor não olham mais você. Sua presença é invísivel. Agora, em situação assim, é só entre ti e Deus. Mas, Deus também é invisível. Só é possível vê-Lo, senti-Lo, pelos olhos da fé.

Essa fase de extrema indiferência das pessoas, mesmas aquelas que você considerava amá-lo incondicionalmente, remete-lhe a sentimentos conflituosos, em busca de explicações racionais. Ao não encontrar lógica, então você se esbarra com a esperança.

Sentir Deus é melhor do que saber da sua existência. Logo, sua condição de infeliz abandono se assenta nos braços da consolação do único e suficiente Remidor de todas miseráveis emoções agudas de dor na alma. A rejeição, a ingraditão, a desonra, enfim, o vaso fissurado será restaurado.

Seu querer, seu crer vai livrá-lo dessa depressão, da invisivibilidade. De imediato, a companhia de três pessoas indescritíveis farão sentido o seu existir: Deus Pai, Deus Filho e Deus Espírito Santo.

Com fé e esperança, a solidão será apenas uma palavra no dicionário. E as pessoas que te abandonaram vão precisar da sua experiência de como atravessar o Vale da Sobra da Morte em amizade com multidão de anjos.

By Jackson Rangel Vieira

Anúncios