Toques e Retoques


*Jackson Rangel Vieira

Pupilas estão dilatadas. Os lábios trêmulos. Os pensamentos em profusões. O corpo goteja suor. O calor provoca combustão entre dois.

Verão despindo os amantes. Já tocados e abrasados, buscam racionalizar aquele momento. Porém, instinto animal e primitivo se revolta.

Os cabelos são apelo para retorcer levemente para cavalgadas e fantasias. Em posições revezadas, as almas se entrelaçam sem desate.

Feixes de luzes entram no quarto e repousam sobre carnes contorcidas e conectadas. Parece não haver fim. O prazer vem de todas as partes.

Ápice. O gozo. Ambos prontos para esguicharem fluídos líquidos e viscosos, lavando a pele um do outro. A pelugem deitada e deslizante.

Depois de tantas trocas de amor. A despedida parece a morte. Porém aquele momento se alonga há décadas sem fadiga. Só deleite! Eros.

*Jackson Rangel ´Vieira é jornalista

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s