MEU LIVRO – Cristo Sem Obrigação (2)


CAPÍTULO DOIS

CRISTO SEM OBRIGAÇÃO

“E a graça de nosso Senhor suprabundou com a fé e o amor que há em Jesus Cristo.”( I Timóteo 1: 14)

Quem segue a Cristo por obrigação, cristão não é. A pessoa do Espírito Santo não faz invasão e nem promove privação. E pela graça, Deus conosco, não vai interferir no seu livre arbítrio mesmo sendo nova criatura. A religiosidade subtrai esta fascinante graciosidade.

Gratuitamente se recebe, pela fé, o selo de sua inscrição no Livro da Vida. Entretanto, a liberdade, uma deferência concedida somente à humanidade por Deus na sua concepção, à imagem e semelhança, tem como diferença  exclusiva da criatura, a liberdade. Foi o preço pago por Jesus.

Dos tempos apostólicos, quando se destacava o comunismo espiritual – todos compartilhavam suas vidas umas pelas outras – , a mutação do cristianismo foi se tornando nociva ao Evangelho puro e imaculado porquanto das infiltrações mundanas nos templos de pedra e de carne.

O cristianismo, da perseguição em defesa dos ensinamentos “cristocêntricos”, arrefeceu-se com o seu crescimento assustador. O exército de Cristo prevalecia enquanto anunciava o Reino dos Céus. O reino da terra encheu o coração da maioria. Então, iniciou-se o caos!

A partir das concessões, desde o Império Romano, com os líderes religiosos aceitando intermediações no lugar de Cristo entre Reis e os súditos plebeus, optaram-se por um tipo de teologia da prosperidade , exigindo fidelidade à igreja sob ameaça da mensagem purgatória e do inferno.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s