Senador Magno Malta destaque na Revista Leia em entrevista exclusiva

Posted on 18/11/2011

0



O senador Magno Malta (PR) é conhecido por sua postura enfática e um tanto quanto polêmica, quando se trata de assuntos que envolvem o Espírito Santo e o povo capixaba. As últimas cenas protagonizadas por Magno foram os protestos que fecharam a BR 101 no Espírito Santo, no intuito de pressionar a presidenta Dilma Rousseff a vetar o projeto que prevê mudanças na distribuição dos royalties.
Como está em evidência, a Revista Leia entrou em contato com Magno Malta para lhe entrevistar e saber dele qual será a sua postura e de seu partido nas próximas eleições municipais em Cachoeiro e Vila Velha, entre outros pontos. Uma de suas falas que mais chamaram a atenção foi a de declarar apoio incondicional ao jornalista Jackson Rangel, caso sua candidatura a prefeito seja concretizada; e o sonho de ser Presidente da República.
Royalties
“Acredito que todas as manifestações que fizemos junto ao povo capixaba foram a real motivação para pressionar a presidenta Dilma a participar do debate e se colocar de modo mais favorável a não fazer mudanças antes das eleições municipais. Foi um movimento que deu resultado, porque o debate saiu do gabinete e dos palácios e tomou as ruas. Inclusive, numa reunião de líderes partidários com Dilma, ela se comprometeu a não deixar de participar das discussões. Ela (a presidenta) me chamou em particular e me pediu calma. Por isso, entendemos que o foco agora é mostrar que o Petróleo é de todos. Mas os royalties são nossos”.
Eleições Cachoeiro
“O meu partido não vai ser secundário, apêndice ou coadjuvante no próximo pleito, em Cachoeiro. Nós reconhecemos o potencial do deputado estadual Glauber Coelho para disputar o cargo de prefeito, mas isso não significa que ele será o candidato do PR. Ainda há muito para ser debatido, no projeto de reconstrução do nosso município. Paralelamente a esse processo, independente do candidato, tenho muita estima e apreço pelo jornalista Jackson Rangel, que é uma pessoa inteligente, capaz, conhecedor dos problemas da cidade e está preparado para executar o projeto que o atual prefeito não conseguiu e frustrou o povo cachoeirense. De modo algum estarei em lado oposto ao Jackson. Vamos caminhar juntos porque ele é aliado de primeira hora e sempre defendeu as mesmas bandeira que eu”.
Eleições Vila Velha
“Sobre a reeleição de Neucimar Fraga, em Vila Velha, em minha opinião é questão de honra. Ele vem sendo sabotado por outras lideranças políticas e partidárias, inclusive, de algumas pessoas infiltradas em seu governo. Ele é o melhor candidato. Qualquer partido ou líder político que for hostil a Neucimar não tem conversa com o PR em 2012, tampouco em 2014. Já fica delineado o espaço político”.
Recusa
O senador Magno Malta se recusou, durante a entrevista, de fazer qualquer menção, seja para elogiar ou criticar ao governador Renato Casagrande, senador Ricardo Ferraço, e Paulo Hartung.
2014
“Vamos participar diretamente do processo político de 2014, ainda que não tenhamos o hábito de compor com vários grupos políticos. Eu e o meu partido fomos apenas usados, até hoje, quando o assunto é eleição estadual majoritária. Por isso, em 2014, o partido estará preparado para lançar candidatura e, se o caso for, não vou omitir o meu nome, caso seja consenso. Mas reconheço que o PR, hoje, tem várias lideranças com capacidade de trabalhar, sem ficar a reboque dos outros. Não vamos cometer os mesmos erros”.
Discriminação
“Tenho sofrido discriminação por parte de uma pequena elite capixaba e, principalmente, dos meios de comunicação de massa do Espírito Santo, que não dão o devido respeito a um homem público, em seu segundo mandato como senador, com mais de um milhão de votos. Acredito que isso acontece porque sou de origem baiana, filho de negros, pobre, evangélico, e não ter curso superior. Ainda que eu faça o maior e melhor projeto do mundo, a grande mídia capixaba vai querer deslegitimar. Quando apareço ao lado da presidenta, por exemplo, eles me chamam de papagaio de pirata. Tudo o que faço é distorcido por parte da imprensa, mas o povo capixaba tem sido meu escudo e me credenciado a estar onde estou. É por isso que vamos continuar lutando”.
Sonho
“Apesar de todas as minhas frustrações ou tristeza por conta das movimentações políticas. Ainda tenho o sonho de ser presidente da república. Levo isso muito a sério, porque acredito ser um sacerdócio que Deus me concedeu. Assim, poderia erradicar de vez a pobreza no Brasil, o que seria o ápice de um mandato”.
Congresso
“Aproveito para anunciar ao povo de Cachoeiro que no mês de dezembro vamos realizar um congresso no município para debater a vocação econômica da cidade, com foco no turismo. Desse modo, vamos levar várias autoridades, tanto políticas quanto técnicas. A data e o local ainda serão definidos”.

Fonte: http://www.tudoleia.com.br

Anúncios
Posted in: ESPECIAL, POLÍTICA