Doações de candidatos serão acompanhadas em tempo real

Posted on 13/04/2010

0



             

              O TSE (Tribunal Superior Eleitoral) e a Polícia Federal vão anunciar um plano para combater doações ilegais nas eleições, a partir de uma força-tarefa que vai acompanhar, em tempo real, as contas de campanha de candidatos e partidos através de um sistema já utilizado contra o crime organizado, conhecido como LAB-LD (Laboratório de Tecnologia contra Lavagem de Dinheiro).

               A medida inédita tem o objetivo de rastrear eventuais anomalias nas movimentações financeiras no período eleitoral e reduzir brechas para atos ilícitos que, até agora, eram analisados somente após o pleito. O mais poderoso instrumento para deter o caixa dois será uma ferramenta de combate à lavagem de dinheiro, que já foi disponibilizada ao TSE pelo Ministério da Justiça.

               O LAB-LD é um conjunto de softwares e hardwares, desenvolvido em parceria com o Banco do Brasil, que permite o cruzamento infinito de dados. O sistema foi utilizado pela polícia para rastrear possíveis contas suspeitas do PCC (Primeiro Comando da Capital), facção criminosa que age nos presídios paulistas.

               Nas eleições, será possível mapear, por amostragem ou em casos específicos, as contas de candidatos e partidos e acompanhar manifestações atípicas. Como o TSE também tem convênio com a Receita Federal, será possível cruzar os dados “on-line” e detectar se as contribuições de empresas ou pessoas físicas foram feitas dentro do limite legal.

 Fonte: Ministério da Justiça, TSE, Polícia Federal

Anúncios
Posted in: ESPECIAL