O prefeito Carlos Casteglione virou ateu? Discrimina cristãos


Quando precisou antes de ser eleito o pastor Braz, vice, (E) e Casteglione (D) ajoelharam para orar com os evangélicos. Agora discriminam os cristãos

Tomo conhecimento estarrecido das dificuldades impostas pela Prefeitura ao Conselho de Pastores Evangélicos de Cachoeiro de Itapemirim (Conpec) para promover a semana da Bíblia na cidade, como tradicionalmente há anos é a programação mais importante dos cristãos.

Primeiramente, tem sido a maior dificuldade para os evangélicos, acredito, católicos também, de promoverem sua marcha para Jesus Cristo no final do ano nas ruas e praças públicas. A Prefeitura alega que dezembro só o estado tem direito a exultar a programação de Natal. Um crime! Uma falácia!

Quem entende de programação natalina, com suas diferenças, são os cristãos e não o Poder Público que deveria ser laico. Até construir igrejas tem sido martírio para os religiosos, enquanto bares proliferam como ervas daninhas sem qualquer censura, incentivando violência doméstica e social.

Os evangélicos querem marchar pelo centro da cidade como sempre fez, pacificamente e com aprovação da população, e se concentrar na Praça da Bíblia, perto da Prefeitura. Mas, os assessores do prefeito, supõem-se, com aquiescência do mandatário, não autorizam. Aberração!

A Secretaria de Trânsito e Segurança com má vontade, enquanto deveria incentivar e ainda oferecer segurança, como fazem em programações mundanas, paradas gays, etc…Assim não dá! E o prefeito Carlos Casteglione que se diz católico deveria deixar de proceder como ateu.

O Estado não precisa ajudar, mas também não pode atrapalhar. Esta história de ordem na cidade, impedindo a pregação das Escrituras ao ar livre, como sempre aconteceu nos logradouros públicos do Município, pode ser interpretada como perseguição e discriminação religiosa. A Constituição Federal garante essa manifestação. E a marcha vai acontecer com ou se a autorização do prefeito. Cristão não é covarde!

Todo dia tem manifestação, algumas de sessão besteirol na Praça Jerônimo Monteiro. Quando se vai promover algo transformador para o bem da sociedade, como exposição de bíblias – proibida pelo prefeito -, o cristianismo é surpreendido por um capacho do demônio, ou de assessores a serviço dele, porque a luta é espiritual neste caso.

Prefeito, o senhor pode não precisar dos cristãos para se eleger, mas os cristãos também não precisam do senhor para cultuar e adorar a Deus, porque morrem a renegar o Mestre. Vai ter a marcha para Jesus. Vai ter o culto na Praça da Bíblia, ainda que seja sob chibatada.

Escrevo como um membro do povo de Deus e soldado de Cristo. E espero a convesão deste quadro sob pena de maldição maior cair sobre o governo de Vossa Excelência ao não respeitar as manifestações religiosas e desconhecer o Deus dos Exércitos.

Conclamo todos os profetas de Deus, homens de boa fé, discípulos de Cristo, para obedecerem ao comando do Espírito Santo, como orientou o Criador em Êxodo, quando o povo espremido entre o exército do faraó e o Mar Vermelho: “Diga ao povo que marche”!

Anúncios

4 comentários em “O prefeito Carlos Casteglione virou ateu? Discrimina cristãos

  1. Ainda bem que eu não votei neste animal , pois eu votei no Ferraço que tem fama ruim mais nunca fez algo parecido com isto por mais que ele tenha deixado a desejar na minha opnião ele sempre será o melhor que ja passou por cachoeiro hoje moro no rio mais acompanho tudo q acontece na minha cidade querida que é meu cachoeiro de itapemirim sempre achei este sujeitinho muito falso com esta carinha de rato de laboratorio eu seria uma imbecil se tivesse votado nisto mais foi o povo que o elegeu agora ja era vão ter q aguentar ne fazer o que eu não tenho do que me arrepender , mais quem votou pode se arrepender mais agota é tardeeeeeeeeee . Eu tenho muito respeito pelo Teodorico de Assis Ferraço

    Curtir

  2. Você só conhece um homem quando da poder para ele, Pastor Braz esta sendo uma grande frustração para nós cristãos é uma pena, pois ele vai perder o trem da história, como diria o querido e saudoso pastor Ozeias, passarinho que anda com morcego acorda de cabeça para baixo se liga ai Pastor Braz, pois Jesus esta voltando. E até aquilo que você não tem, lhe será tirado. “Que Deus tenha misericordia de ti, se perder essa oportunidade de fazer a diferença”

    Curtir

  3. Se esse tipo de procedimento de um executivo (prefeito) se proliferar em outros municípios, acho que é conveniente aos verdadeiros cristãos, além de anular o voto também divulgá-lo; porque o mundo jaz no maligno

    Curtir

  4. Concerteza o Prefeito Carlos Casteglione não está sozinho. Ele não tem esta força toda. Estas atitudes são dos covardes, e estes não herdarão o reino de Deus. E o “Pastor” Braz que abra sua Bíblia em Esequiel 34 e faça uma reflexão da sua postura e lembre do que diz em Apoc. 3 a partir do verso 14.
    Por causa de passoas omissas com seua deveresn no cumprimento de sua promessas, que Cachoeiro mantem um campo de concentração nazista
    que se denomina: Clínica de repouso Santa Isabel LTDA, onde cerca de mais 400 pacientes sofrem maus tratos e muitos chegam a óbito como aconteceu com Ana Carolina Cordovil Heiderich Silva, minha filha que teve sua vida ali ceifada em apenas 08 dias de internação. Estas Clínicas funcionam num sistema ultrapassado.

    Como já disse anterirmente, o prefeito não está sozinho. Ele é um FRACO, POBRE, CEGO E NÚ

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s