Dias desses saiu a imprensa loca de Cachoeiro de Itrapemirim – ES, uma foto do prefeito petista Carlos Casteglione, e mais três pessoas, anunciando a possibilidade do ingresso de uma empresa de coleta e reciclagem de lixo. Seria normal, porque é investimento para o Município, se não fosse pelo fato que um dos integrantes diretivos da empresa não fosse réu em processo de desfalque da ordem aproximada de meio milhão numa indústria da região.
Os homens públicos deveriam ter mais cuidado com quem andam e até checar suas fichas criminais, se bem que no caso da terra de Roberto Carlos, a safadeza no meio público é tão escandalosa, sem punição, que é rotineiro andar rodeado de assessores desqualificados e gente da pior qualidade, ao sol do meio dia. Se a pretexto da ingenuidade ou de proposital interesse, o tempo dirá.

Anúncios